98% dos brasileiros não consome índice de vitaminas adequado à saúde

As cápsulas de saúde são solução alternativa para conquistar nutrientes

Ter um corpo em equilíbrio é fundamental para a qualidade de vida de uma pessoa, porém, segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 98% da população brasileira não ingere a quantidade ideal de vitaminas por dia.

Esse pode ser um dos motivos que levou o brasileiro a consumir suplementos vitamínicos e outras alternativas que geram mais saúde e bem-estar, afinal, eles são um canal de reposição e inserção de vitaminas que o corpo precisa no dia-a-dia.

Para alguns especialistas, o corpo humano não é capaz de absorver todo tipo de vitamina e é aí que os suplementos ganham força. Segundo Ricardo Nakai, Diretor de Treinamentos e Desenvolvimento da Akmos, empresa brasileira de saúde e bem-estar, esse tipo de consumo deve estar alinhado a uma vida saudável e com práticas de exercícios. “Não adianta tomar vitamina ou suplemento e se alimentar mal. As vitaminas auxiliam a metabolização dos nutrientes. Se você toma vitamina e come errado e não pratica exercícios, não é uma cápsula que vai mudar sua vida. A Akmos se preocupa em fortalecer a saúde e para isso, incentivamos toda uma mudança de comportamento baseada numa estrutura que promove saúde e bem-estar. A suplementação é um dos pontos, seguida de alimentação equilibrada. Mas ainda é necessário avaliar o comportamental e a parte de exercícios, sempre com acompanhamento de profissionais da saúde”.

Mesmo assim, dados de um estudo encomendado pelas Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para fins Especiais e Congêneres (Abiad), Associação Brasileira das Empresas do setor Fitoterápico, Suplemento Alimentar e Promoção da Saúde (Abifisa) e Associação Brasileira das Empresas de Produtos Nutricionais (Abenutri) revelou que os suplementos alimentares já estão presentes na rotina de 54% dos brasileiros.

Entre os benefícios que os suplementos podem oferecer para a saúde estão o aumento da imunidade, combate ao envelhecimento, inibição da flacidez da pele, melhora do rendimento em atividades físicas, auxílio na redução de peso, nutrição dos ossos, regula níveis de açúcar no sangue etc. Segundo a mesma pesquisa encomendada pelas associações, os compostos mais consumidos são os ácidos graxos (ômega 3), aminoácidos (BCAA), minerais (cálcio), óleos (fígado de bacalhau), plantas (goji berry), proteínas, vitaminas (multivitamínicos) entre outros, como fibras e probióticos.

“É importante ressaltar que é necessário buscar e pesquisar um suplemento, ou nutracêutico de confiança. Os produtos desenvolvidos pela Akmos são 100% naturais e não possuem contraindicações, sendo fabricados com as melhores matérias-primas do mercado, tudo para entregar aos nossos clientes mais saúde e longevidade com qualidade. Melhor do que gastar com remédios é investir em saúde”, destaca Moacir Diniz, fundador da Akmos e Vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios.

Fonte: Blog Jornal da Mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *