Abiad foi destaque na Arena Fispal 2019

Regulamentação de suplementos alimentares foi o tema abordado pela associação em palestra no último dia de feira

 

Dos dias 25 a 28 de junho, aconteceu a 35ª edição da Fispal, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center. A ABIAD esteve presente como uma das apoiadoras do evento, cujo objetivo é ser uma grande plataforma de discussão e conteúdo para a indústria de alimentos e bebidas.

Nesta edição comemorativa de 35 anos, a Fispal contou com a Arena FispalTec, com um palco 360º que foi palco de palestras gratuitas e 4 importantes fóruns voltados para gestores das áreas de embalagem, indústria de bebidas, indústria alimentícia e marketing digital. Foram mais de 200 horas de conteúdo e cerca de 400 empresas expositoras.

Tatiana Pires, Presidente da ABIAD, foi um dos destaques da Arena, com a palestra “Desafios e Oportunidades da Nova Regulação de Suplementos Alimentares”, no último dia de evento. Junto a ela, compuseram o painel Helena Tavares, Scientific & Regulatory Affairs Manager da Ajinomoto, e Carolina Zago, Affairs Manager da DuPont Nutrition & Health.

O tema da mesa da Abiad foi suplementos alimentares, que, há cerca de um ano, teve seu marco regulatório, publicado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “A ABIAD foi uma das articuladoras do processo para que a regulamentação fosse enviada para a ANVISA e que um novo marco regulatório pudesse ser feito e aprovado”, comentou Tatiana no evento.

A Presidente da ABIAD lembrou que a implementação desta nova regulamentação simplificou o processo de aprovações e a organização das categorias de suplementos. Eliminou, ainda, obstáculos à inovação, contribuindo para o acesso a suplementos alimentares seguros e de qualidade, além de reduzir a assimetria de informações existente hoje no mercado brasileiro. “A nova regulamentação proporciona informações claras ao consumidor, uma vez que prevê o uso de alegações de propriedade funcional e de saúde, incluindo funções plenamente reconhecidas, como a de vitaminas e minerais”, completou.

Um dos desafios apontados na palestra foi que o novo marco regulatório de suplementos incorporou uma ingredientes que podem ser utilizados por fabricantes de suplementos alimentares, desde que atendam as quantidades mínimas necessárias de nutrientes. Já os probióticos seguem em processo de registro, com grandes avanços na área, e o guia sobre o assunto elaborado pela Anvisa ainda segue aberto à contribuições. O uso de aminoácidos foi destacado como um grande marco incorporado à legislação. O próximo desafio será a aprovação de seus claims (alegações).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *