ABIAD teve dia produtivo em Brasília

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Representantes da Associação estiveram com a 2ª e a 4ª Diretorias da Anvisa, além de se reunir com a ABIR em sua sede

 

No último dia 12 de fevereiro, Tatiana Pires, Presidente da ABIAD, Gislene Cardozo, Gerente Executiva, e Karina Costa, Diretora Financeira I, marcaram presença, representando a associação, em uma bateria de reuniões produtivas com entidades parceiras, em Brasília (DF). Estreitar o relacionamento com órgãos de grande importância para o setor de alimentos para fins especiais foi o principal objetivo dos encontros.

O primeiro aconteceu com a 2ª Diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com a participação de Alessandra Soares, Diretora, e Thalita Lima, Gerente-Geral de Alimentos (GGALI), além de Dhiogo Pascarelli, Consultor de Relações Governamentais da BMJ Consultoria. Entre os temas abordados, destacam-se as fórmulas para erros inatos do metabolismo, agenda prioritária da GGALI, pesquisa sobre consumo de suplementos, rotulagem nutricional, Lei de Acesso à Informação (LAI) e a campanha sobre edulcorantes, que tem sido um dos principais focos de atuação da ABIAD e visa conscientizar a população sobre sua segurança.

A reunião seguinte com a 4ª Diretoria da Anvisa contou com a presença do Diretor Fernando Mendes, da Diretora Adjunta Meiruze Freitas e Nelio Aquino, Gerente de Laboratórios de Saúde Pública (GELAS). Um dos temas destacados foi a Consulta Pública 632, sobre os laboratórios analíticos, que entrou na pauta da DICOL do dia 18 de fevereiro. Apesar do otimismo dos participantes da Anvisa em relação à aprovação na reunião da Diretoria Colegiada, que aconteceria em cinco dias, não foi o que ocorreu, já que a diretora Alessandra pediu vistas, entendendo o posicionamento do setor farmacêutico, que avaliou que não houve tempo hábil para que as mudanças apresentadas fossem amplamente discutidas.

Ao final do dia, a ABIAD esteve ainda em reunião na sede da Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas não Alcoólicas (ABIR), também em Brasília. O objetivo foi estreitar relações com a associação, para que também possam contribuir em assuntos em comum entre as entidades.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *