Acesso à nutrição adequada deve ser um direito básico em todas as fases da vida

Com a Semana Mundial da Alimentação, de 16 a 21 de outubro, assuntos como segurança alimentar, acesso e atenção para população que necessita de uma nutrição diferenciada, são abordados.

O tema da alimentação nunca foi tão tratado pela sociedade como atualmente. Quando se fala sobre acesso à alimentação de qualidade para complementar ou manter a saúde, também surge a preocupação com as dietas que supram todas as necessidades nutricionais de cada fase da vida.
Neste contexto, há população com necessidades nutricionais diferenciadas, tais como diabéticos, pessoas que necessitem complementar a alimentação por meio de suplementação e nutrição enteral e parenteral.

Partindo desta premissa, a indústria tem se adequado a todas essa snecessidades por meio de estudos, pesquisas e aplicação da tecnologia de alimentos para esses produtos. A Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD), entidade que representa a indústria para o segmento de alimentos especiais, reúne os fabricantes destes alimentos que tem como objetivo oferecer diferentes opções de escolhas ao consumidor, garantindo o acesso a produtos seguros e de alta qualidade a todos.

Alimentação adequada em todas as fases da vida

Em todas as faixas etárias, a alimentação deve ser variada e equilibrada. As necessidades alimentares de uma criança não são as mesmas de um adolescente, de um adulto ou de um idoso, por exemplo. Além disso,há grupos de pessoas que possuem necessidades nutricionais diferentes. Cada período da vida requer uma ingestão diária ideal de vários nutrientes, formando uma dieta balanceada e completa. A suplementação visa complementar nutrientes necessários no dia a dia.
De acordo com Kathia F.Schmider, Nutricionista, Especialista em Nutrição em Saúde Pública e Coordenadora Técnica da ABIAD, é essencial a avaliação pelo médico ou nutricionista sobre a necessidade da utilização de suplementos alimentares específicos para cada paciente e faixa etária.
A nutricionista alerta ainda que é preciso ter atenção redobrada com as crianças. “Sem alimentação adequada, é maior o risco de interferência no desenvolvimento da criança, podendo afetar inclusive o processo de aprendizagem”.
Com o passar dos anos, torna-se ainda mais importante manter a ingestão adequada de proteínas e aminoácidos essenciais, que está relacionada à manutenção de massa muscular e a promoção do seu bom funcionamento, como, por exemplo, no combate à sarcopenia, doença que consiste na perda de massa e força na musculatura esquelética.
O processo natural do envelhecimento faz com que ocorra alterações fisiológicas e o surgimento de algumas enfermidades comuns da idade, fazendo com que o corpo necessite de uma alimentação especial, aliada à prática de exercícios e hábitos saudáveis.

A ABIAD como representante do setor de alimentos para fins especiais nas áreas de nutrição infantil, enteral, diet e light, suplementos alimentares, alimentos funcionais, entre outras categorias, atua para garantir aos consumidores opções de produtos benéficos na dieta das pessoas com nutrição diferenciada, contemplando todas as fases de suas vidas.

Sobre a ABIAD

A Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD) foi fundada em 1986 com a missão de reunir empresas que se dediquem, direta ou indiretamente, à produção, industrialização,comercialização, distribuição e importação de matérias-primas e alimentos para fins especiais, incluindo nutrição infantil, nutrição enteral, diet e light, suplementos alimentares, nutrição esportiva, alimentos funcionais, dentre outras categorias. A ABIAD se dispõe a ser a principal interlocutora do setor no diálogo com o Poder Público e órgãos internacionais, podendo assumir opapel de liderança na defesa de políticas públicas baseadas em dados científicos sólidos e a capacidade para que os consumidores tenham acesso a uma grande variedade de produtos seguros, benéficos e de alta qualidade.
LVBA Comunicação
Fonte: Blog do Patricio Nunes-PE – 16/10/2019 – WE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *