Alimentos, bebidas não alcoólicas, ingredientes funcionais e suplementos alimentares são foco de congresso organizado pelo Ital

Com foco em profissionais de marketing, pesquisa e desenvolvimento (P&D) das indústrias de alimentos, bebidas não alcoólicas, ingredientes funcionais e suplementos alimentares, a 2ª edição do WellFood Ingredients, evento dedicado a ingredientes funcionais, nutracêuticos e naturais da Koelnmesse Brazil que acontece amanhã e quarta-feira (3 e 4) no Centro de Exposições Pro Magno, em São Paulo, com congresso internacional organizado pelo Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

A organização do evento estima que aproximadamente duas mil pessoas visitem a exposição, cujo pilar é o congresso, que engloba palestras e debates sobre as principais tendências e como se adaptar às exigências do mercado, as novas ferramentas para a resolução de velhos problemas e o que deve ser feito hoje para aproveitar as oportunidades do amanhã (confira a programação).

“É uma oportunidade para divulgar e discutir sobre as inovações dos ingredientes, os principais responsáveis pela inovação dos produtos alimentícios”, ressalta o diretor de Assuntos Institucionais do Ital, Luis Madi, que participará da abertura do congresso e mediará um debate sobre a tecnologia como aliada da indústria de alimentos e as possibilidades de desenvolvimento e promoção de produtos funcionais, nutracêuticos e suplementos alimentares, com a participação de representantes da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia), da Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas Não Alcoólicas  (Abir), da Associação Brasileira da Indústria e Comércio de Ingredientes e Aditivos para Alimentos (Abiam) e da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad).

No primeiro dia de conferências também representam o Ital o coordenador da Plataforma de Inovação Tecnológica (PITec), Raul Amaral, que abrirá a programação abordando a reformulação de produtos, mudanças na rotulagem e a imagem da indústria na sociedade, e Claire Sarantópoulos, pesquisadora do Centro de Tecnologia de Embalagem (Cetea), que tratará sobre embalagens ativas e inteligentes como resposta aos desafios da sociedade moderna.

Fonte: ITAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *