Brasileiros estão mais preocupados com a alimentação

Os brasileiros estão preocupados com a saúde e buscam consumir produtos nutricionalmente mais ricos para manter uma alimentação mais saudável. É o que aponta a pesquisa “A Mesa dos Brasileiros”, realizada pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). De acordo com o levantamento, oito em cada dez entrevistados afirmam que se esforçam para ter uma alimentação saudável e 71% apontam que preferem produtos mais saudáveis, mesmo que tenham que pagar caro por eles.

A pesquisa ouviu 3 mil pessoas com mais de 16 anos em 12 regiões metropolitanas brasileiras, entre setembro e outubro do ano passado. A margem de erro é de 1.8 pontos percentuais. O levantamento também compara os resultados atuais com o último estudo, feito em 2010.

Apesar desse número, a pesquisa traz algumas contradições. Aumentou, por exemplo, a quantidade de pessoas que adquirem alimentos mais baratos. Em 2010, 28% dos entrevistados apontava como principal aspecto na hora de comprar um alimento o fato dele ser barato. Em 2017, esse número saltou para 34%. Ser de uma marca conhecida e ser gostoso são outros aspectos apontados.
A pesquisa também revelou a mudança na fonte usada como busca de informações sobre alimentação e saúde. Em 2010, a maior parte dos entrevistados (40%) se informava pela televisão, 19% buscavam a internet e 20% consultavam médicos ou nutricionistas. No ano passado, a internet se tornou a principal fonte de informações, com 40% da participação, a televisão caiu para 24% e médicos e nutricionistas responderam por 18%.

Dieta nas redes sociais

Em complemento ao levantamento da Fiesp, a SEMrush, empresa especializada em marketing digital, realizou uma pesquisa inédita sobre as dietas mais pesquisadas pelos brasileiros na internet. De acordo com os dados obtidos, o termo “dieta” apresentou média de 4 milhões de pesquisas entre os meses de janeiro de junho de 2018. Já “dieta sem glúten”, com 327 mil pesquisas, foi o termo mais buscado nos últimos seis meses em ferramentas de pesquisa. Em segundo e terceiro lugar, respectivamente, apareceram as dietas Dukan (192 mil buscas), que tem a proteína como protagonista e já teve adeptas famosas, como Kate Middleton e Gisele Bündchen, e a crudívora, que consiste no consumo de alimentos crus (com 81 mil buscas). Outras dietas “malucas” também apareceram, como a dieta da papinha, do vinagre, das 600 calorias e do ovo cozido.

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *