Mais de 20% dos idosos têm insegurança alimentar

A insegurança alimentar representa uma dieta que não atende às necessidades individuais em termos de quantidade e qualidade.

Um recente estudo intitulado “Insegurança alimentar em idosos: estudo transversal com usuários de restaurante popular”, investigou a alimentação de 427 idosos residentes em São Paulo e Campinas e constatou que, 15,2% do contingente tinha insegurança alimentar leve e 6,6% de moderada a grave.

De acordo com o estudo, a maior chance de insegurança alimentar entre idosos foi aquilatada em pessoas com baixa renda, que não trabalhavam fora e eram obesos.

Outros idosos considerados mais “inseguros” em alimentação foram aqueles que já haviam tido câncer e que foram internados. Além disso, os idosos que não consumiam regularmente frutas e carnes também foram listados.

Com informações da Scielo – 25.2.15

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *