Saiba as diferenças e benefícios dos alimentos probióticos, prebióticos e simbióticos

Quem nunca ouviu falar de alimentos simbióticos vai começar a ouvir muito sobre eles. Estes alimentos são uma junção feliz entre os prebióticos e os probióticos, funcionais com o poder de revitalização da microbiótica intestinal.

Segundo Karina Barros, nutricionista da ABIAD, os prebióticos são alimentos que não são digeridos normalmente pelas enzimas digestivas do intestino. Ou seja, quando estes alimentos chegam ao intestino grosso são fermentados e estimulam seletivamente a atividade de bactérias benéficas à flora intestinal. Os prebióticos podem ser encontrados em vegetais como alho, cebola e alcachofra, assim como em suplementos alimentares como é o caso da inulina, extraída da chicória e no frutooligossacarídeo (FOS), feito a partir da sacarose. “São utilizados para regular o trânsito intestinal e para a absorção de minerais e vitaminas, principalmente o cálcio. São capazes de prevenir o câncer do intestino e a osteoporose”, afirma Karina.

Já os probióticos são microorganismos vivos que, quando digeridos, equilibram a ação da microbiótica intestinal. “Podemos encontrar mais de 400 espécies de bactérias no nosso intestino sendo divididas em patogênicas (prejudiciais) e não-patogênicas. Os probióticos são bactérias do bem e que melhoram o sistema imunológico, reduzem o colesterol ruim, previnem as infecções e o câncer do cólon”, explica a nutricionista. São encontrados no leite e derivados como iogurte e leite fermentado e, também, sob forma de suplementos como cápsulas e em pó. Os mais utilizados são Lactobacillus, Bifidobacterium, L. acidophilus, B. bifidum, L. rhamnosus, B. longum, L gasseri, B. brevi, L. reuteri, B. infantis, L. Bulgaricus, B. lactis, L. plantarum, B. adolescentis, L. johnsonii, L. casei e L. Lactis.

Mercado Funcional para os Simbióticos
Em 2008, a produção de alimentos funcionais como os Simbióticos avançou significativamente. A ABIAD, Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres, prevê um aumento nas vendas destes alimentos (na forma de cápsulas ou em pó) na casa dos 20% comparado ao ano passado. Vale lembrar que os alimentos funcionais são os que mais crescem no setor alimentício no mundo – de acordo com a Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais (Sbaf), o mercado mundial tem um potencial de vendas de US$ 70 bilhões por ano.

Mais informações:
Oficina de Mídia
Fone: (11) 2219-2433
Maurício Santini (11) 9224-8737
Solange Melendez (11) 9624-0542

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *