Anvisa vai regular produtos integrais

A Anvisa anunciou que os produtos integrais passarão a ter uma regulação própria. Segundo a Agência, a proposta é trazer critérios mínimos para declarar se os alimentos são integrais ou não, além de regras específicas nas embalagens.

O fato é que hoje, muitas vezes, os alimentos integrais apresentam ingredientes processados e são integrais apenas no nome.

“Produtos integrais geralmente são mais caros. Não podemos permitir que o consumidor seja induzido ao erro, gaste mais para comprar um alimento com qualidade nutricional diferente do que ele imaginava”, avaliou Jarbas Barbosa, diretor presidente da Anvisa.

Uma pesquisa em 2016 pelo Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) demonstrou que, para 14 biscoitos vendidos no Brasil como sendo integrais, apenas três eram feitos com farinha de trigo ou cereal integral. O estudo mostrou que outros seis produtos tinham, na composição, a farinha integral, mas em uma quantidade menor. E ainda, cinco marcas de biscoitos não apresentavam nenhum cereal integral na formulação. “Como não há uma regulação específica, o fabricante dá o nome para o produto que quiser. Eles não cometem nenhum tipo de infração”, comentou a nutricionista Ana Paula Bortoletto.

Com informações do UOL Ciências e Saúde – 23.6.16.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *