Churrasco com carnes grelhadas defumadas podem prejudicar mulheres diagnosticadas com câncer de mama

churrasco sem fumaçaMulheres com diagnóstico de câncer de mama, e que ingerem muitos alimentos defumados ou mesmo carne de churrasco, aumentam as chances de mortalidade, de acordo com um novo estudo publicado no Journal of the National Cancer Institute.

O Long Island Breast Cancer Study Project realizou um estudo com dados de 1.508 mulheres, que foram entrevistadas após um diagnóstico de câncer de mama, entre os anos de 1996 e 1997, e depois, em 2002 novamente. As avaliações incluíram a ingestão de carne grelhada/assada e defumada.

O alto consumo destes alimentos, mesmo antes do diagnóstico, foi associado a um risco de 23% a mais de mortalidade. Nas mulheres, que continuaram a ter um alto índice no consumo de carne grelhada/assada e defumada, mesmo após o diagnóstico, o risco de mortalidade foi elevado em 31%.

A pesquisa incluiu as carnes bovina, suína, como bacon e presunto, aves e peixes, na condição de grelhados defumados.

“Essas carnes são uma fonte ‘prevalente’ de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP) carcinógenos. Os HAPs são um grupo de mais de 100 produtos químicos diferentes, formados quando a carne, incluindo carne bovina, suína, peixe ou aves, é cozida usando métodos de alta temperatura, como fritar ou grelhar diretamente sobre uma chama aberta, e que também são gerados no processo de defumação”, disseram os autores na conclusão do estudo. Com informações do Portal Nutritotal (21/02/2017)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *