Cientistas descobrem método que deixa arroz 60% menos calórico

Cortar calorias do arroz em até 60% é uma ideia produtiva aos brasileiros que mantém uma dieta diária à base de arroz e feijão. Cientistas do Sri Lanka descobriram que o arroz fervido antes com óleo de coco e, em seguida, refrigerado, torna o arroz mais leve e menos calórico.

A descoberta, que foi apresentada para a Sociedade Americana de Química, é capaz de tornar o amido do arroz menos digerível e faz com que o organismo absorva menos energia.

No entanto, os nutricionistas advertem que a descoberta deve ser vista com cuidado, já que carboidratos do arroz são fonte de energia e só em última instância são revertidos em gordura.

Outra pesquisa, desta vez britânica, demonstrou que cozinhar o macarrão e, depois, esfriá-lo, provoca um pico menor de glicose. Os cientistas do Sri Lanka disseram que isso acontece também com o arroz.

Os pesquisadores afirmaram que o método consiste em cozinhar o arroz em fogo brando por 40 minutos com uma colher de óleo de coco e, logo depois, refrigerá-lo por 12 horas. A solução permite que sejam formados elos de hidrogênio entre as moléculas de amilose no exterior dos grãos de arroz.

A próxima fase é a investigação dos diferentes tipos de arroz e outros óleos de cozinha. No entanto, a recomendação é cautela por parte dos cientistas.

“Recomendo que as pessoas continuem a consumir arroz com os métodos tradicionais até que tenhamos mais informações”, adverte Priya Tew, porta-voz da Associação Dietética Britânica.

Com informações da BBC Brasil  – 28.4.15

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *