Consumir alimentos dietéticos de forma inadequada prejudica a redução de peso

A utilização inadequada de adoçantes e dos alimentos dietéticos pode não contribuir para a redução de peso. O problema pode estar na superdosagem no consumo destes alimentos.

Esta é a conclusão a que chegou uma pesquisa da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, apresentada pela nutricionista Ana Paula Gines Geraldo e orientada por Maria Elisabeth Machado Pinto e Silva, docente do Departamento de Nutrição da FSP, que avaliou o comportamento alimentar de adultos e idosos no uso de adoçantes.

Foi constatado que as mulheres são mais consumidoras de adoçantes e alimentos dietéticos, por conta da preocupação com controle de peso e estética. Porém,  aproximadamente 15% esguichavam o adoçante líquido, ao invés de usar o conta-gotas.

Outra constatação é a estratégia de substituir o açúcar e os doces pelos adoçantes e produtos dietéticos no intuito de diminuir as calorias e assim consumir outros alimentos calóricos. De acordo com o estudo, este comportamento pode induzir ao aumento de peso, haja vista que a pessoa pode acabar consumindo mais alimentos calóricos como uma lei da compensação. Exemplo disso é pedir hambúrguer, batata frita e sobremesa, acompanhados de refrigerante zero.

Muitas pessoas ainda consomem adoçantes para controlar o peso, porém, não têm comportamentos adequados. Ou seja, exercem baixa atividade física e têm uma alimentação calórica deixando de observar que, muitas vezes um alimento pode ser diet, mas tem alto teor de caloria.

Com informações da Agência USP – 22.10.14

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *