Consumir dez porções de frutas, legumes e verduras aumenta a expectativa de vida

Fresh organic vegetables in wicker basket in the garden

Uma nova pesquisa realizada por cientistas da Universidade Imperial College London, no Reino Unido, e publicada na revista científica Journal of Epidemiology, indica que a ingestão de dez  porções diárias de alimentos como frutas, legumes e verduras pode ampliar a longevidade. Segundo os pesquisadores, este consumo diário é capaz de evitar até 7,8 milhões de mortes prematuras, além de reduzir o risco de câncer e doenças cardíacas.

O estudo levou em conta porções de 80 gramas destes alimentos.

Os cientistas afirmaram que a incidência de câncer é relativamente menor em quem ingere verduras verdes como o espinafre, amarelas, como os pimentões e as crucíferas, como couve-flor e repolho.

As pessoas que comem muitas frutas como maçãs, peras, cítricas, saladas, folhas verdes, além das verduras crucíferas, contam com menos chances de desenvolver doenças cardíacas e até derrames cerebrais.

“Frutas, verduras e legumes reduzem os níveis de colesterol e a pressão arterial, além de incrementar a saúde dos nossos vasos sanguíneos e do nosso sistema imunológico. Talvez isso seja devido à complexa rede de nutrientes que esses alimentos têm”, afirmou um dos cientistas responsáveis pelo estudo, Dagfinn Aune.

A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de cinco porções destes alimentos, isto é, 400 gramas. No Brasil, de acordo com os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 90% das pessoas ingerem menos que o recomendado. Com informações da BBC Brasil (23/02/2017)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *