Estudo testa tratamento com Complexo B e Ômega 3 para atrofia cerebral

Um estudo realizado com 168 idosos com comprometimento cognitivo leve utilizou doses altas de complexo B e concentrações plasmáticas de ômega 3. Publicado no The American Journal of Clinical Nutrition, o estudo testou os efeitos para beneficiar estados de atrofia cerebral.

Os grupos foram separados aleatoriamente sendo 83 pessoas que receberam placebo e 85 com suplementos de vitaminas do complexo B, com 0,8 mg de ácido fólico, 20 mg de vitamina B6 e 0,5 mg de vitamina B12. Todos os indivíduos se submeteram a exames de ressonância magnética no crânio, do início do estudo e após dois anos.

A pesquisa detectou uma interação significativa no tratamento com vitamina B e  concentração plasmática sobre as taxas de atrofia cerebral. Em indivíduos com altos níveis basais de EPA e DHA, o tratamento com vitamina B minimizou a taxa de atrofia em 40%. Já o tratamento com vitamina B não apresentou efeito significativo na taxa de atrofia entre indivíduos com baixos níveis basais de EPA e DHA.

Com informações do portal Nutritotal -25.9.15

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *