Exercícios físicos beneficiam o intestino se acompanhados de dieta

A revista GUT publicou um estudo demonstrando que os exercícios físicos podem beneficiar a microbiota intestinal, porém, a relação pode estar relacionada com a atividade física e uma dieta.

Foram avaliados 40 jogadores de rugby profissionais, com idade média de 29 anos e IMC (índice de massa corporal) médio de 29,1 kg/m2. Também foram analisados dois grupos controle com base no mesmo IMC.

Diversas amostras de fezes e de sangue foram coletadas de todos os participantes e o DNA (ácido desoxirribonucleico) de todos foi extraído. Além disso, todos participaram do Questionário de Frequência Alimentar (QFA). E para comparar as atividades físicas foi realizada a análise plasmática de creatina quinase (CK).

Os atletas e os grupos de controle tiveram resultados diferentes em relação aos níveis plasmáticos de CK, marcadores inflamatórios e metabólicos. O consumo de energia total, proteínas, gorduras e carboidratos foram maiores nos atletas e estes tiveram quantidades maiores de microrganismos no intestino.

Com informações do Nutritotal – 16.1.15

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *