Ingestão de frutas e vegetais causa menor estresse oxidativo em mulheres, diz estudo

shutterstock_112976938O maior consumo de frutas e vegetais pode promover um menor estresse oxidativo em mulheres, segundo estudo veiculado no The British Journal of Nutrition. A alimentação rica em nutrientes antioxidantes e ácidos graxos ômega-3 pode contribuir para um menor envelhecimento.

Foram estudadas 912 mulheres em estado de pré-menopausa – foram medidas amostras de urina para aferir o marcador de estresse bioativo. Também foram avaliadas a atividade física, a ingestão de álcool e a dieta.

Foram apresentadas associações inversas entre F2-isoprostano e seu metabólito e atividade física, além do consumo de vegetais, frutas, vitamina C, α-caroteno, vitamina E, β-caroteno, vitamina A, selênio, luteín, zeaxantina e ômega-3.

“Os resultados deste estudo sugerem que a atividade física e fatores dietéticos específicos, como nutrientes antioxidantes e ácidos graxos ômega-3, podem estar inversamente associados ao estresse oxidativo entre as mulheres pré-menopáusicas”, conclui o estudo.

Com informações do Nutritotal (21/01/2017)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *