Iniciativa do Ministério da Saúde combate a propaganda de comidas não saudáveis para as crianças

Com o objetivo de coibir o exagero das publicidades infantis de alimentos não saudáveis, o Ministério da Saúde publicou uma nota técnica que está sendo encaminhada às secretarias estaduais, seguindo as recomendações da Conanda (Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente), que julgou as propagandas abusivas.

O documento, que refere o teor publicitário como uma “exposição exagerada das crianças” para comidas ultraprocessadas, também sugere que os profissionais possam contribuir para que as unidades de saúde combatam esta prática.

Com informações da Folha S. Paulo – 11.8.15

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *