Iogurte com probióticos podem proteger idosos de doenças respiratórias

Probiótico – Um estudo do jornal Clinical Interventions in Aging diz que o iogurte com suplementação de probióticos pode proteger pessoas idosas de infecções respiratórias. Os pesquisadores chineses estudaram 205 voluntários acima de 45 anos.

O grupo de intervenção recebeu diariamente, por 12 semanas, um iogurte com suplementação da cepa probiótica, Lactobacillus paracasei (N1115), enquanto o grupo controle manteve a dieta normal, sem qualquer suplementação de probióticos.

Probióticos levam a menos infecções

Os autores observaram que no grupo de controle, o número de pessoas diagnosticadas com URTI foi maior. Ou melhor, o risco de URTI no grupo de intervenção foi 55% menor do que no grupo de controle. A gravidade da infecção em ambos os grupos foi a mesma. Os autores disseram que os resultados confirmam um estudo anterior em que foi adicionado o L.delbrueckii ssp. Bulgaricus OLL1073R-1 ao iogurte, quando os resultados obtidos foram similares. Em outros estudos utilizados bebidas lácteas com adição de L.casei DN-114 001 ou Lactococcus lactis ssp. Lactis JCM5805 os resultados foram semelhantes em relação às infecções, mas, a duração da condição foi reduzida.

Mais pesquisas

Eles disseram que a ingestão de iogurte contendo N1115 pode proteger pessoas de meia-idade e idosos da ocorrência aguda de URTI pelo mecanismo subjacente de estimulação das células T (T-cell). Ressaltaram que o estudo foi limitado a um teste de controle, e que para ser melhor avaliado, deve ser realizado um projeto de controle e placebo para mostrar, claramente, o efeito imunológico da cepa N1115.

Fonte: Terra Viva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *