Leite materno pode contribuir para aumento de QI

Crianças que foram amamentadas com leite materno por pelo menos um ano obtiveram quatro pontos a mais na avaliação do QI (quociente de inteligência). A constatação foi de uma pesquisa conduzida pela Universidade de Pelotas (RS) e que acompanhou, por mais de 30 anos (desde 1982), cerca de 3.500 recém-nascidos. O estudo foi publicado na revista The Lancet. 

A pesquisa, que acompanhou os primeiros anos das crianças e seus tempos de amamentação, dividiu os bebês em cinco grupos com base no aleitamemto e com variáveis sociais e biológicas como renda familiar, escolaridade dos pais, ancestralidade genômica, tabagismo materno, idade da mãe, peso ao nascer e tipo de parto.

Na avaliação, os bebês que foram amamentados por 12 meses ou mais, apresentaram QIs mais elevados do que aqueles que foram amamentados por menos de um mês. De acordo com os cientistas, isso pode ser explicado pela presença de ácidos graxos saturados de cadeia longa no leite materno.

Com informações do portal Nutritotal – 23.4.15

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *