Países com baixa renda têm dietas mais nutritivas do que países mais ricos

Países considerados pobres contam com uma dieta mais nutritiva do que alguns países estáveis e ricos. Esta foi a constatação de um estudo realizado pela Universidade de Tufts, nos Estados Unidos e publicado no jornal The Lancet Globale no site inglês Daily Mail.

Países como Armênia, Hungria, Bélgica e República Checa estão entre os quatros países com dietas menos nutritivas do mundo. A contradição é que Chade, Serra Leoa, Uganda, Costa do Marfim e Somália estão classificadas entre as 10 melhores do mundo.

Entre as explicações está a oferta da dieta junk food, isto é, comida saborosa e boa, com alimentos de qualidade ruim, com alto índice calórico e baixa nutrição.

Já nas nações mais pobres, o inverso ocorre: pouca quantidade x muita qualidade. De acordo com o estudo, os países com menos renda consomem mais frutas, verduras, castanhas e grãos, o que evita doenças como diabetes, hipertensão, câncer e obesidade.

O ranking dos 10 países com dietas mais saudáveis do mundo são: Chade, Serra Leoa, Mali, Gâmbia, Uganda, Gana, Costa do Marfim, Senegal,Israel e Somália.

As dietas menos saudáveis do mundo estão nos seguintes países: Armênia, Hungria, Bélgica, República Checa,Cazaquistão, Bielorrússia, Argentina, Turquemenistão, Mongólia e Eslováquia.

Azerbaijão, Eslováquia, República Checa, Bélgica, Heilongjiang (província da China), Islândia, Bielorrússia, Lituânia, Estados Unidos e Rússia são países apontados com maior consumo de junk food. 

Com informações do Portal Terra – 11.3.15

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *