Reunião do Comitê Codex Alimentarius

Realizada entre 31 de março e 5 de abril, em Haia, na Holanda, a oitava reunião do Comitê Codex Alimentarius contou com presença de uma delegação brasileira formada  por representantes da Fundação Ezequiel Dias (Funded), do Ministério da Agricultura, do Inmetro e ainda de representantes da Anvisa. A ABIAD dá sua contribuição ao evento por meio dos seus grupos de trabalho que atuam junto à agência. O Codex Alimentarius é um programa da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) e da Organização Mundial de Saúde (OMS) referencial para consumidores, produtores e fabricantes de alimentos.

Seu objetivo é coordenar discussões em torno da aprovação de parâmetros para a comercialização de produtos alimentícios em âmbito internacional.  Na atual edição, a atribuição dos brasileiros foi elaborar documentos que definissem regras para o comércio de cereais e das micotoxinas desses alimentos. “Esses produtos foram escolhidos pelo fato de o Brasil importar e exportar muito, e, por serem bastante consumidos no país. Hoje temos uma legislação que define alguns limites e a perspectiva é fazer com que esses limites estejam dentro dos acordos internacionais.

Assim, não vamos precisar reformular nada internamente e automaticamente vamos conseguir atender o mercado internacional para que nossos produtos sejam comercializados no exterior”, detalhou Milton Cabral sobre o documento apresentados pelo Brasil em Haia. “A reunião acontece exatamente para que sejam definidas práticas igualitárias e saudáveis no comércio internacional, com o viés de promover e proteger a saúde da população que venha adquirir os produtos”, acrescentou Cabral.

Com informações do Labtnetwork – 8.4.14

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *