Sal e açúcar: campanha para reduzir consumo

Os sites de entidades, parceiros e as redes sociais na internet serão meios aos quais a Associação Brasileira de Nutrição (Asbran) irá recorrer para alertar a população sobre os riscos do consumo excessivo do sal e do açúcar na alimentação. A campanha, que foi lançada pela entidade no início de julho, pretende informar de maneira clara às pessoas – e especialmente aos profissionais da área –  sobre a importância de reduzir efetivamente a presença do açúcar e sal na alimentação diária.

“Render-se a uma doce declaração de amor assim, pode lhe custar o coração!”, informa o texto de uma das peças da campanha – a frase está ao lado de um coração desenhado em uma superfície de açúcar. Até dezembro outras peças serão produzidas, além de conteúdos informativos. “Nosso objetivo é somar com outras boas iniciativas e provocar uma mudança real nas escolhas alimentares do brasileiro.

Mas, para isso, é preciso gerar informação prática, que possa ajudar e não complicar o entendimento. Também queremos que o profissional e estudante de Nutrição se engajem nesse movimento, praticando e incentivando mudanças”, argumenta Marcia Fidelix, presidente da Asbran. “As pessoas não precisam banir os alimentos com açúcar ou sal da sua vida, apenas evitar o consumo excessivo, dando preferência a alimentos com baixo teor de açúcar ou sal e observando as informações trazidas nos rótulos”, ela orienta. 

Com informações da Rede Nutri e Asbran – 1.7.14

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *