Segmento brasileiro de azeites de oliva terá Norma Técnica Específica

azeiteA Comissão Permanente da Olivicultura Brasileira do Mapa vai reunir dados para a publicação da Norma Técnica Específica (NTE) para o setor de azeites de oliva. Com franco crescimento, o setor vem se expandindo nos estados de Rio Grande do Sul, Minas Gerais e São Paulo, com a geração de 5 mil empregos diretos e indiretos.

A produção do azeite de oliva para este ano é de aproximadamente 60 mil litros, o dobro de 2016. “Ainda não temos um padrão nacional de mudas de oliveiras que indique a qualidade ou um sistema sólido de produção”, comentou Ricardo Furtado , chefe da Divisão de Políticas, Produção e Desenvolvimento Agropecuário da Superintendência Federal da Agricultura do Rio Grande do Sul (SFA-RS).

Esse órgão recém-criado objetiva o fortalecimento da olivicultura brasileira, a valorização do produto e a geração de emprego e renda. De acordo com informações, a oliva pode ser desenvolvida em pequenas propriedades, o que pode contribuir para a adoção de boas práticas, em conjunto com as normas, princípios e recomendações técnicas. Com informações do Portal New Trade (19/04/2017)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *