Solidão pode impactar comportamento alimentar e estado nutricional

Homens que comem sozinhos têm mais chances de ficarem obesos, mais ainda que  idosos que têm companhia e comem acompanhados.

Um estudo japonês entrevistou 38.690 homens e 43.674 mulheres, todos acima de 65 anos. O estado nutricional foi aferido por meio de índice de massa corporal (IMC), além de um questionário.

O objetivo da pesquisa era associar a solidão aos hábitos alimentares. Também foi constatado que homens e mulheres que vivem sozinhos, consomem menos frutas e verduras (1,59 e 1,32 vezes, respectivamente) do que aqueles que vivem acompanhados.

A pesquisa observou que os homens que comeram sozinhos e vivem sozinhos contam com 1,34 vezes mais chances de se tornarem obesos do que os idosos que costumam comer acompanhados e vivem com outros.

Curiosamente, os idosos que fazem suas refeições sozinhos, apresentam também mais chances de desenvolverem desnutrição do que os que comem acompanhados.

O estudo concluiu que o isolamento social pode influenciar e causar grande impacto no comportamento alimentar e no estado nutricional das pessoas.

Com informações do portal Nutritotal -10.8.15

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *