Vida mais saudável reduz eventos coronarianos em pessoas com predisposição genética

777867_177381-e1412000301599-960x384Um estilo de vida mais saudável pode reduzir a incidência de doenças arteriais coronarianas, inclusive em pessoas com predisposições genéticas. Essa foi a conclusão de um estudo publicado no New England Journal of Medicine.

No total, foram avaliadas 60 mil pessoas, com avaliação inicial de sequenciamento genético, classificadas em diferentes categorias de risco genético como alto, intermediário e baixo.

Outros fatores também foram levados em conta: tabagismo, obesidade, atividades físicas e dieta.

Resultados mostraram que o risco relativo de eventos coronarianos foi 91% maior entre as pessoas com maior risco genético. Todavia, os cientistas também notaram que a adesão de uma vida mais saudável diminui em 45% os eventos coronarianos em pessoas com baixo risco genético, 47% no intermediário e 46% no alto risco genético.

“Este estudo traz uma importante mensagem de saúde pública: o estilo de vida ainda importa mesmo em pessoas com alto risco genético”, relata a conclusão do estudo.

Com informações do Nutritotal (20/01/2017)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *