Anvisa explica as etapas de avaliação de risco de alimentos - Abiad

Anvisa explica as etapas de avaliação de risco de alimentos

A Anvisa realizou webinar sobre as etapas da avaliação de risco de alimentos para promover melhorias na instrução processual de petições de avaliação e esclarecer as dúvidas do setor produtivo.

O seminário virtual foi coordenado por Ligia Lindner Schreiner, gerente de avaliação de riscos e eficácia da Gerência-Geral de Alimentos (GEARE/GGALI), que pontuou, inicialmente, as diferenças entre risco e perigo, o conceito de avaliação de risco e a estimativa do potencial de efeito adverso à saúde.

Na sequência, foram apresentadas as etapas de avaliação de risco e os aspectos relacionados à toxicidade.

Foram apresentados os principais tipos de estudos toxicológicos e suas características:

Tipo de estudoPrincipais características
ADMEAvaliam as características toxicocinéticas da substância testada, fornecem informações preliminares sobre mecanismos de toxidade e contribuem para o desenho e a avaliação de estudos toxicológicos.
GenotoxicidadeContemplam uma diversidade de ensaios in vitro e in vivo destinados a avaliar o potencial carcinogênico genotóxico da substância testada.
Toxidade agudaAvaliam os efeitos adversos provocados por uma exposição de curto prazo a uma substância testada.
Toxidade subcrônicaPermitem identificar órgãos-alvo da toxicidade e o modo como são afetados.
Toxidade crônicaCaracterizam a toxidade de uma substância após a exposição prolongada e repetida.
CarcinogenicidadeAvaliam o efeito carcinogênico na substância testada.
Toxidade sobre reproduçãoAvaliam os possíveis efeitos de uma substância no sistema reprodutivo, na maturação pós-natal e na capacidade reprodutiva da prole.
Toxidade sobre o desenvolvimentoInvestigam os efeitos da exposição a uma substância do período de implantação através do período de organogênese.
Estudos específicosAvaliam efeitos toxicológicos em situações específicas e incluem estudos de neurotoxidade, imunotoxidade e alergenicidade.

A etapa seguinte é a avaliação à exposição e, enfim, a caracterização do risco.

A BMJ preparou documento  resumindo o evento., acesse aqui.