BMJ analisa resultado das eleições municipais e traça cenários para pleito de 2022

A BMJ realizou um webinar para associadas da ABIAD, após o primeiro turno das eleições municipais, no intuito de apresentar um cenário político em 2020 e perspectivas para as eleições de 2022.

Apenas sete capitais elegeram seus prefeitos em primeiro turno, sendo ainda restrito a três partidos políticos: DEM com Florianópolis, Curitiba e Salvador; PSD com Belo Horizonte e Campo Grande; e PSDB com Palmas e Natal. Importante lembrar que em Macapá, capital do Amapá, ainda não havia ocorrido a eleição devido ao apagão na região.

MDB, PP, PSD e PSDB, nessa ordem, continuam os partidos com mais prefeitos no país, sendo que MDB e PSDB perderam prefeituras em relação à eleição anterior, enquanto PP e PSD ganharam.

Quando comparado com as eleições de 2016, o REPUBLICANOS e o DEM são os partidos que mais cresceram percentualmente em número de prefeitos eleitos, sendo que o DEM ficou em quarto lugar como partido que mais recebeu votos no país todo, enquanto o REPUBLICANOS ainda está em 9º lugar nesse aspecto.

Das grandes cidades (G96), o PSDB foi o partido com mais prefeitos eleitos em primeiro turno, seguido por PSD, DEM e MDB. Por outro lado, o PT não ficou com nenhuma dessas prefeituras em primeiro turno.

Os candidatos apoiados pelo presidente Bolsonaro não apresentaram bons resultados no primeiro turno.

Para as eleições presidenciais de 2022, até o momento não surgiu nenhum pré-candidato além do próprio presidente Jair Bolsonaro. DEM e PT devem se movimentar para lançar candidatos próprios, bem como o apresentador Luciano Huck tenta se lançar, porém ainda não se filiou a nenhum partido.

Pela leitura da BMJ, as urnas mostraram um cansaço do discurso extremista, porém, o movimento conservador não pode ser considerado enfraquecido. Com isso, ainda é muito cedo para conclusões sobre probabilidades, porque o cenário econômico e social que se vislumbra para os próximos anos pode gerar mudanças inesperadas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *