Estudo Aponta Crescimento De 167% No Consumo De Colágeno - Abiad

Estudo Aponta Crescimento De 167% No Consumo De Colágeno

  • Junho 28, 2022

Foto: Reprodução

Pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad) revela um aumento de 167% no consumo de colágeno de 2015 para 2020 no Brasil. O levantamento “Hábitos de Consumo de Suplementos Alimentares” também apontou um crescimento de 10% no consumo de suplementos alimentares e que tais produtos estão presentes em 59% dos lares brasileiros, com no mínimo uma pessoa consumindo suplementos.

Para Kathia Schmider, nutricionista e coordenadora técnica da Abiad, o consequente crescimento no consumo de suplementos alimentares possui relação direta com uma maior valorização do cuidado preventivo com a saúde. “As pessoas vêm se conscientizando que o consumo dos suplementos regularizados e autorizados pela Anvisa, quando consumidos de forma adequada, traz benefícios perenes à saúde do corpo. O consumo do colágeno é uma constatação dessa percepção, avalia a especialista.

Vantagens do consumo do colágeno

O colágeno, uma das substâncias mais abundantes no ser humano é uma proteína que representa cerca de 25% a 30% da composição proteica do corpo. Seu consumo como suplemento alimentar traz vantagens que vão desde a melhora da saúde da pele, contribuindo para o seu fortalecimento, hidratação e elasticidade, passando pelos benefícios para as articulações.

Estudos nacionais e internacionais — inclusive ligados à Organização Mundial da Saúde (OMS) — associam a suplementação com colágeno aos benefícios à saúde óssea, para o combate da osteoporose, por exemplo. A suplementação aplicada a esse caso ajuda as células dos ossos a produzirem mais colágeno para o sistema esquelético, o que auxilia também na manutenção da densidade mineral e no aumento da força dos ossos. Esses são fatores que fazem do colágeno uma das proteínas mais relevantes para a suplementação alimentar.

Veja aqui a matéria original.

Fonte: Panorama Farmacêutico