Evento da ONU debate sistemas alimentares no mundo

A ONU realizou o Food Systems Summit 2021, em Nova Iorque, nos dias 23 e 24 de setembro. Os debates tiveram como foco o papel dos sistemas alimentares na sustentabilidade ambiental, nas mudanças climáticas, nas desigualdades socioeconômicas e na saúde humana mundial.

Foram apresentados programas de diversos países de combate à fome e estipuladas metas ambiciosas que promovam o desenvolvimento inclusivo, deixando evidente a necessidade de transformação da forma como os alimentos são produzidos e consumidos.

O evento demonstrou sua importância dada a presença de líderes de diversos países e organizações. Participaram, por exemplo, os presidentes da Argentina, Áustria, Egito, Finlândia, Irlanda, Polônia, Portugal, Suíça, Turquia, Ucrânia e Uruguai; os primeiros-ministros do Haiti, Itália, Japão, Noruega, Nova Zelândia, Somália e Suécia; e líderes de organismos como ONU, FAO, Banco Mundial e União Europeia.

O Brasil foi representado pela Ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, que destacou a necessidade de se evitar visões prescritivas de sustentabilidade que não considerem a diversidade de sistemas produtivos, e ressaltou a importância da ciência e da inovação como base para as políticas públicas e para padrões sanitários.

A ministra revelou a construção de uma Coalizão sobre Crescimento Sustentável da Produtividade em parceria com o secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Tom Vilsack, visando ampliar a eficiência dos recursos produtivos e a disponibilização de alimentos a preços mais acessíveis.

Um resumo foi preparado pela BMJ para as associadas da ABIAD.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *