ABIAD lança campanha para desmitificar e estimular a experimentação de edulcorantes

A ABIAD, com a idealização e coordenação do GT de Edulcorantes e da LVBA, agência de comunicação da associação, lançou a campanha “Adoçantes são seguros. Fato” com o objetivo de impactar profissionais da saúde, consumidores finais e a imprensa, de forma a desmitificar o uso desses ingredientes, combater fake news e estimular a experimentação, além de reforçar a percepção de que a associação é a principal interlocutora sobre o assunto.

Segundo Gislene Cardozo, diretora executiva da ABIAD, a campanha entrou no ar ainda durante o isolamento social recomendado pela pandemia pois, nesses meses, as pessoas passaram a cozinhar mais em casa e, com a mudança de hábitos, é importante demonstrar que os adoçantes também são importantes aliados na manutenção de uma alimentação reduzida em açúcares, sendo uma excelente opção para bolos, doces, além de adoçar o tradicional cafezinho.

A campanha foi dividida em três fases, sendo a primeira diretamente para os consumidores, a segunda para profissionais da saúde e a terceira para a imprensa. O marco inicial foi um projeto de branded content na Veja Saúde, com a matéria “Entenda por que os adoçantes são seguros”, que contou com a participação da nossa coordenadora técnica, Kathia Schmider, ações com a Dra. Ana Escobar em suas  redes sociais (Facebook e Instagram), e publicação de receitas com adoçantes por Igor Rocha, influenciador digital com mais de 3 milhões de seguidores no Instagram.

A segunda fase foi voltada para profissionais da saúde, com uma live da Dra. Ana Escobar e Diogo Sponchiato, redator chefe da Veja Saúde.

A fase três, em andamento, é o trabalho direto com a imprensa, especialmente com o objetivo de combater fake news e posicionar a ABIAD como a principal fonte no assunto edulcorantes. Uma das ações é o envio de um vídeo de dois minutos produzido especialmente para essa finalidade chamado “É verdade, adoçantes são realmente seguros”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *