Argentina aprova limites de aminoácidos harmonizados com os brasileiros

A Argentina aprovou os limites de aminoácidos em suplementos alimentares harmonizados com os limites definidos pela legislação brasileira. Trata-se de um marco importante para o comércio entre os dois países dado a não necessidade de adaptação de fórmulas, sendo que este resultado teve importante participação da ABIAD.

Em maio de 2019, a ABIAD encaminhou à Conal (Comissão Nacional de Alimentos – Secretaría de Regulación y Gestión Sanitaria – Ministerio de Salud y Desarrollo Social), o pleito para tal harmonização, em ocasião da consulta pública aberta pelo órgão argentino.

Uma vez que o Brasil já havia aprovado sua legislação sobre o tema, com participação ativa da ABIAD, a associação entendeu que poderia e deveria contribuir na busca de facilitar o comércio internacional de suas associadas, garantindo segurança e acesso aos consumidores de ambos os países.

Gislene Cardozo, diretora-executiva da ABIAD afirma que pode ser considerado um case de sucesso internacional da entidade e que facilita a abertura de portas nas negociações e sugestões para outros países da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *