Pesquisa ABIAD aponta crescimento de 10% no consumo de suplementos alimentares no Brasil

A segunda edição da Pesquisa de Mercado ABIAD “Hábitos de Consumo de Suplementos Alimentares no Brasil”, realizada pela Toledo & Associados, reflete uma importante mudança de comportamento do consumidor em relação aos suplementos alimentares.

Segundo a pesquisa, o consumo de suplementos alimentares no Brasil aumentou 10% (em comparação à primeira edição da pesquisa, em 2015) e apurou que os produtos estão presentes em 59% dos lares brasileiros, com no mínimo uma pessoa consumindo suplementos.

O estudo foi realizado em sete capitais – Porto Alegre (RS), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Brasília (DF) e Belém (PA) -, nas cinco regiões do Brasil, configurando uma amostra com representação nacional, com 1006 entrevistas. O perfil dos participantes foi de 50% de homens e 50% de mulheres, com idade entre 17 e 70 anos, de todas as classes sociais.

Confira infográfico com os principais destaques da pesquisa:

8614
Comportamento dos consumidores de suplementos alimentares na pandemia de Covid-19  

O estudo complementar, “Pesquisa de Mercado ABIAD – Comportamento dos Consumidores de Suplementos Alimentares durante a pandemia de Covid-19”, realizada também pela Toledo & Associados, aponta que entre os consumidores de suplementos, foi registrado um aumento de 48% destes produtos durante a quarentena, sendo que 42% consumiram visando fortalecer a alimentação e 91% a imunidade; e 70% dos entrevistados, declararam que continuarão consumindo os produtos.

O recorte da pesquisa, com foco no cenário pandêmico, foi realizado por meio de 275 entrevistas, durante o mês de maio, nas mesmas regiões do estudo inicial, entre os já consumidores de suplementos alimentares (59%).

Confira infográfico com os principais destaques da pesquisa complementar:

8615