World Food Day Américas 2021 teve painel sobre nutrição

Nos dias 14 e 15 de outubro ocorreu o World Food Day Américas 2021, evento totalmente virtual. Durante o evento, ocorreram quatro painéis: todos conectados com os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU: melhor meio ambiente, melhor nutrição, melhor produção, melhor vida.

Para as associadas ABIAD, o painel mais representativo foi o de “melhor nutrição”, que contou com a participação de Adriana Brondani, da Biofocus; Alejandro Girardi, da Bayer; Fernanda Martins, da Unilever; Héctor Cori, da DSM; Lara Natacci, nutricionista e pós-doutoranda em nutrição pela USP; Marília Nutti, da EMBRAPA; e Paulo Silveira, da Food Tech Hub.

Nesse painel, a fortificação e biofortificação de alimentos foram indicadas como ferramentas importantes para o combate a má nutrição. Além disso, a alimentação plant-based, alimentos com menor pegada de carbono e dietas personalizadas foram indicadas como tendências de consumo crescentes no setor.

Diversos palestrantes abordaram em seus discursos, as recentes decisões no Brasil referentes à rotulagem nutricional, com destaque para a representante da Unilever, que afirmou que o modelo brasileiro pode gerar distorções. Houve a apresentação de dados sobre o impacto da adoção de selos frontais no Chile e em Israel; também foram apontadas tendências de discussões sobre a disponibilização de informações nutricionais em produtos a granel e no e-commerce.

Na abertura do evento, Fernando Camargo, Secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SDI/MAPA), afirmou que será lançado pela Ministra Tereza Cristina o Plano de Agricultura de Baixo Carbono + (ABC+).

O documento resumido do evento preparado pela BMJ  está disponível às associadas aqui.