Boletim Econômico ABIAD edição 16 traz dados econômicos dos 3 primeiros trimestres de 2020

O Boletim Econômico nº 16  preparado para a ABIAD pela Websetorial foi publicado em novembro e traz dados do setor, de janeiro a setembro de 2020.

A produção industrial nacional nos setores relacionados às atividades da ABIAD apresentou o seguinte desempenho no acumulado de janeiro a setembro de 2020: crescimento de 6% na ‘‘atividade de fabricação de produtos alimentícios’’ e recuo de 6,3% na ‘‘fabricação de bebidas não alcoólicas’’, segundo a Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF) do IBGE.

Ao mesmo tempo, o índice de consumo aparente estimado pela Websetorial, que reflete o comportamento do mercado e computa, além do que foi produzido localmente, o que foi importado e deduz o que foi exportado, apresentou crescimento de 3,9% na primeira categoria e recuo de 6,9% na segunda.

“Esse relatório traz exemplos de resultados positivos nos segmentos de suplementos alimentares & vitaminas, alimentos veganos, entre outros”, comenta Gislene Cardozo, diretora executiva da ABIAD. Segundo Gislene, os três primeiros trimestres de 2020 podem ter sido de muitos desafios, mas também de possibilidades para as associadas da ABIAD. “Importante as empresas estarem atentas aos dados do setor e perspectivas, incluindo as mudanças de comportamento dos consumidores, para um adequado planejamento estratégico do próximo ano”, complementa.

Ao mesmo tempo em que se aponta uma redução geral no consumo do brasileiro, pode-se observar a maior valorização de alguns produtos, especialmente os ligados à promoção da saúde e prevenção de doenças, o que pode favorecer algumas associadas da ABIAD, como já abordado em edições anteriores do Panorama ABIAD – Pandemia ampliou mercado de novos leitos e insumos hospitalares, e Pesquisa ABIAD aponta crescimento de 10% no consumo de suplementos alimentares no Brasil.

ABIAD – Boletim Econômico 16

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *